Informação do Consumidor

Mitos e Verdades sobre o consumo de peixe

O peixe não satisfaz: MITO

Embora seja certo que é digerido mais rápido do que a carne bovina, tudo depende da sua preparação.
Um bom acompanhamento com purê de batatas e abóbora ou um saboroso molho com verduras pode ajudar a mudar de perspectiva.
Além disso, você sabia que um argentino consome, em média, 70 quilos de carne vermelha por ano, e só 7 quilos de peixe? Uma dieta mais equilibrada pode ajudar-nos a melhorar a nossa saúde e, sobretudo, a não ficar dormidos depois do almoço!

O peixe é caro: Não é bem assim.

Embora historicamente tenha sido um produto caro da cesta básica de alimentos, atualmente e em relação ao preço da carne vermelha, do frango e do porco, o peixe é uma boa alternativa para a mesa e para o bolso.

O peixe é um alimento saudável. VERDADE!

Em sua maioria, os peixes são uma fonte saudável de proteínas, com menor quantidade de gorduras saturadas, gorduras totais e calorias que uma porção semelhante de carne bovina ou de ave.
Os peixes são uma boa fonte de ácidos graxos ômega-3, os quais têm demonstrado ser importantes para o funcionamento do cérebro.
Além disso, ao consumir pelo menos duas porções de peixe semanalmente, reduz-se o risco de doenças coronárias.

Bon appétit: VANTAGENS DO PEIXE

Este nutritivo alimento ajuda o coração e protege o cérebro, todos seus benefícios.
Por Timothy Gower


5 RAZÕES PARA COMER PEIXE

1. Fortalece a sua memória

Ajuda a fortalecer a memória e a atenção de crianças e adultos.

2. Protege o seu coração

O peixe é rico em vitaminas, antioxidantes e minerais que têm a capacidade de diminuir o colesterol mau, os níveis de triglicerídeos e aumentar o colesterol bom em seu corpo.

3. Dá energia para você

Está comprovado pela ciência que o peixe dá a energia necessária para poder realizar suas atividades cotidianas, é por isso que é considerado uma excelente opção para aqueles que fazem exercício físico.

4. Aliado à saúde metabólica

O consumo destes produtos é altamente recomendável para aqueles que vivem com diabetes ou gordura no fígado. Isto é devido às bondades nutricionais que possuem.

5. Rico em antioxidantes

Todos os peixes e mariscos são bons, mas aqueles que são gordurosos contêm mais quantidade de ômega-3 e antioxidantes, como a truta, o peixe-serra e o salmão.

O peixe congelado é tão nutritivo quanto o peixe fresco?

O peixe congelado mantém corretamente os mesmos benefícios nutricionais que os peixes frescos. Ambos fornecem proteínas, minerais e omega 3, entre outros nutrientes, que contribuem para o bom funcionamento do corpo e tornam este alimento ideal em qualquer estágio da vida. O congelamento serve para conservar o peixe durante um período prolongado, o que permite preservar sua qualidade original.

Dependendo do tipo de produto, o peixe branco (pescada, sola, etc.) pode durar cerca de dois meses congelados. Enquanto isso, o peixe de carne escura (bonito, salmão) não passa de um mês porque é mais gordo.

Quando é decidido descongelar o produto para consumo, a melhor opção é transferi-lo para a geladeira entre 8 horas e 24 horas antes da sua preparação. Assim, todos os peixes descongelarão uniformemente e cada peça manterá o mesmo grau de frescura.

"Você nunca deve voltar a congelar o peixe que já foi descongelado", diz o especialista D'Janira Paucar, nutricionista do programa nacional "To Eat Fish" do Ministério da Produção de Lima.